Militar reage a assalto e é morto em Campo Grande

Patrice Gainsbourg
Fevereiro 21, 2018

Na manhã desta terça-feira (20) um militar do exército morreu em uma tentativa de assalto na antiga Estrada Rio-São Paulo, no acesso para avenida Brasil, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

Segundo a PM, o crime ocorreu por volta das 5 horas da manhã, próximo ao quartel da Marinha e antes do Viaduto Oscar Brito.

De acordo com o 40º Batalhão da Polícia Militar (Campo Grande), Bruno Albuquerque Cazuca, de 35 anos, dirigia seu carro na via no momento em que criminosos faziam um arrastão.

Justiça multa Facebook em R$ 4 mi por descumprir ordens
No final de 2017, porém, o STJ afirmou que as alegações não procedem e confirmou a validade da sanção. Outras empresas em situação semelhante cumprem as ordens judiciais , segundo ela.

De acordo com testemunhas, dois carros, com cerca de oito bandidos e armados com pistolas, fecharam as ruas e começaram a assaltar os motoristas. Pelo menos dez criminosos participaram do assalto. No arrastão, três outros motoristas também teriam sido assaltados.

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte do sargento.

O 2° sargento do Exército, que tinha uma farda no banco de trás do carro, começou uma luta corporal com criminosos e, neste momento, diversos tiros foram ouvidos e o militar caiu no chão. Policiais realizam perícia no local para esclarecer o crime.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL