Andressa Urach critica sexo antes do casamento: "É prostituição"

Rebecca Barbier
Fevereiro 22, 2018

A ex-modelo, que se converteu a igreja evangélica, em fevereiro de 2015, a personalidade da mídia vem contestando muitos atos tidos como mundanos, inclusive já praticados por ela.

Outra coisa que ela criticou, é o fato da esposa negar sexo ao marido: "A mulher deve sempre estar disponível para o marido".

Em seu canal do Youtube, Andressa gravou um vídeo respondendo as perguntas de suas seguidoras sobre sexo, declarando que hoje ela crê que o sexo é apenas para marido e mulher, jamais para solteiros. Para ela, a relação íntima de um casal está restrita aos casados, não podendo os solteiros transarem. "Tem que ser casado bonitinho no papel e na igreja", defende ela. "Sexo antes do casamento também não pode porque é prostituição", foi uma das frases polêmicas que falou a respeito do tema. De acordo com a modelo, morar junto também não é correto. "Sozinha não pode. Com o marido sim, porque são preliminares", destacou.

Universidade de Brasília terá disciplina sobre 'golpe de 2016'
O Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília vai oferecer aos alunos de graduação, neste semestre, aulas sobre "o golpe de 2016".

Antes de falar do assunto, Andressa ressaltou que a prática é proibida em certas igrejas, que não há nada escrito na bíblia, mas que em sua opinião não tem problema, já que sua consciência não acusa. Então, amiga, para com isso de dor de cabeça. "Se você está sem vontade, inicie que, daqui a pouco, você vai estar com vontade", disse. "Não fica dando brecha para o diabo negando seu marido, porque você está colocando sua relação em risco", declara. "A relação sexual é maravilhosa e foi Deus que inventou", explicou Urach.

"Quando eu era endemoniada, eu era mesmo endemoniada, gostava de apanhar na relação".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL