Presidente da Câmara de Albufeira vítima de morte súbita

Oceane Deschanel
Fevereiro 23, 2018

"Licenciado em Direito e Advogado, Carlos Silva e Sousa era presidente da Câmara desde 2013, tendo exercido também funções como vereador e presidente da Assembleia Municipal de Albufeira e de deputado da Assembleia da República na XII Legislatura", referiu o PS num comunicado.

Será deste local que sairá o cortejo fúnebre, em direção à igreja Matriz de Albufeira, onde decorrerá a missa exequial, seguindo, posteriormente, para o cemitério de Vale Pedras, anunciou a Câmara albufeirense, que já decretou três dias de luto pela morte do autarca.

O presidente da Câmara de Albufeira, de 60 anos, morreu, esta sexta-feira de madrugada, vítima de doença súbita, disse à Lusa fonte da autarquia.

As Câmaras de Tavira, Loulé, São Brás de Alportel e Lagoa também se manifestaram publicamente sobre a morte do autarca, lamentaram o seu desaparecimento e manifestaram condolências à família e munícipes de Albufeira.

Lava Jato prende presidente da Fecomércio-RJ
Entre os desvios investigados, está a contratação de funcionários fantastamas com dinheiro destinado ao Sesc e ao Senac. Eles tiveram dificuldades para entrar no prédio, que não tinha porteiro e demoraram para subir até encontrarem a chave.

O funeral Carlos Silva e Sousa vai ter lugar amanhã, sábado, no Cemitério de Vale Pedras, em Albufeira. Foi vice-presidente do PSD Algarve, presidente do Gabinete Autárquico Distrital, presidente da Assembleia Distrutal e membro do Conselho Nacional do PSD.

Carlos Silva e Sousa tinha sido eleito em outubro pelo PSD para um segundo mandato à frente da autarquia.

O Município de Albufeira informa que o corpo do presidente da Câmara de Albufeira "estará em câmara ardente na Igreja de Sant'Ana, em Albufeira, a partir do final da tarde de hoje, dia 23 de Fevereiro".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL