Ciro Gomes confirmado pré-candidato do PDT

Patrice Gainsbourg
Março 9, 2018

Louve-se a sinceridade do ex-ministro Ciro Gomes, ontem lançado candidato pelo PDT à presidência da República.

Ao comentar as alianças, Carlos Lupi também afirmou que o PDT está forjando composições partidárias diferentes em várias unidades da Federação.

Em coletiva, Lupi contou ainda que esteve com o ex-presidente Lula (PT) e disse que a situação política e jurídica do petista "machucava", mas reforçou a intenção do partido de ter candidato próprio. Se confirmada a candidatura, será a 3ª vez que o ex-ministro e ex-governador do Ceará disputará o Planalto.

Apesar de o lançamento ter acontecido nesta quinta, Ciro já era tratado como pré-candidato do PDT desde 2015, quando se filiou à legenda. "Acho que o Lula nesse processo foi injustiçado e machuca vê-lo sofrer". Problema deles", afirmou. "Mas eu vejo, no momento, em essas cinco candidaturas.

Em um afago público a Lula, o presidenciável declarou que o ex-presidente segue na frente das pesquisas por merecimento, é o único a liderar uma candidatura hegemônica e não deixará de ser ouvido em qualquer circunstância.

Kim Jong-Un e Trump acordam encontro para debater desarmamento nuclear coreano
A delegação se encontrou com Trump na Casa Branca para entregar uma carta de Kim na qual ele convida Trump para uma reunião. Foi o primeiro encontro entre Coreia do Sul e o líder da terceira geração no comando norte-coreano.

Ciro Gomes do PDT (Partido Democrático Trabalhista), que tenta ocupar a todo custo o espaço de Lula nas improváveis eleições de 2018, como o candidato da esquerda contra os neoliberais, vem todos os dias tentando explicar sua "contradição", entre desejar que Lula não seja candidato e ao mesmo tempo dizer que defende Lula contra os ataques dos golpistas.

"Não foi uma intervenção planejada e não tem orçamento".

Também nesta quinta, o nome de Rodrigo Maia (RJ), presidente da Câmara dos Deputados, foi lançado pelo Democratas (DEM).

Questionado se teria "morrido pela boca" em outras campanhas, Ciro disse que não foi o caso, mas lamentou comentário que fez na campanha de 2002.

De fato, a candidatura de Lula obstrui o crescimento da candidatura de Ciro.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL