Protesto: MST invade parque gráfico de O Globo

Patrice Gainsbourg
Março 10, 2018

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiu no início da manhã desta quinta-feira (8) o parque gráfico do jornal O Globo, no Rio de Janeiro. O grupo era liderado por iniciativa feminina e ocupou o estacionamento destinado a visitantes.

Em nota, o 'Grupo Globo' repudiou à invasão: "Picharam a portaria, tumultuaram os trabalhos e só não entraram na área de máquinas porque foram contidos".

Ainda de acordo com o jornal, os manifestantes fizeram pichações de mensagens políticas em vidraças, sofás, paredes e no piso. Meia hora depois da invasão, o grupo deixou o local e não houve feridos. O MST protestou contra o veículo, ateou fogo em pneus e no totem que fica em frente ao prédio, na Baixada Fluminense. Em nota, a organização disse que "o ataque a um jornal é um ataque à imprensa livre, pilar da democracia. Ela não é inimiga só dos trabalhadores, ela é inimiga de toda a nação", afirmou ao site oficial do movimento Ana Carolina Silva, do Levante Popular da Juventude.

A luta política contra o Golpe, pela candidatura do presidente Lula, pela soberania nacional e contra a desigualdade ganha, na força de mulheres guerreiras que hoje enfrentam a Globo, ainda mais disposição ao fazer todos e todas relembrar que a discriminação e o ataque a uma minoria é fruto de uma política opressora ainda maior, capitaneada por aquela elite que não mede esforços para manter todos os tipos de privilégio. "É uma clara tentativa de intimidação, um ato que atropela a legalidade e o estado de direito democrático", diz a nota.

BBB 18: Em conversa com Kaysar, Gleici dispara: "Armaram"
Nada demais". "Que raiva da Patrícia forçando a barra com o Kaysar na cama, ele implorando para ela parar e ela continuando". Viegas, Kaysar , Patrícia , Wagner e Caruso conversaram na cozinha sobre relacionamentos amorosos.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgaram nota conjunta repudiando a invasão do parque gráfico do O Globo.

"Atos criminosos como este são próprios de grupos extremistas, incapazes de conviver em ambiente democrático, e não pautarão os veículos de comunicação brasileiros".

"A ABERT, a ANJ e a ANER condenam o ataque e pedem às autoridades uma rigorosa apuração do fato, com a punição dos responsáveis, para que vandalismos como este não voltem a se repetir", finalizam as entidades.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL