Funcionários dos Correios farão greve nesta segunda

Patrice Gainsbourg
Março 11, 2018

Após a reunião haverá uma nova assembleia-geral, onde os trabalhadores decidirão o futuro do movimento - podendo, inclusive, continuar com a greve por tempo indeterminado. Apesar de a paralisação estar marcada para começar amanhã, profissionais que trabalham de madrugada já entram em greve a partir das 22h deste domingo. O principal motivo da paralisação, que também ocorrerá na Baixada Santista, é evitar mudanças no plano de saúde dos funcionários que envolvem a cobrança de mensalidade do titular e de dependentes.

Elaine Regina informou ainda que os funcionários devem se reunir na segunda-feira (12), a partir das 7h, em frente ao prédio dos Correios, localizado na Avenida Ernesto Geisel, esquina com Rua Barão do Rio Branco. Nela, foi proposto aos representantes da Federação Nacional dos Trabalhadores em empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) que os trabalhadores passassem a arcar com 25% do valor bruto das mensalidades dos planos de saúde, além de terem que retirar pais e mães. Já os cargos de indicação política, tanto nos Correios, quanto na Postal Saúde, são acima de R$ 20 mil acrescidos de gratificações.

O julgamento do plano de saúde está marcado para a próxima segunda-feira, dia 12 de março, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Segundo a entidade, a medida foi tomada para facilitar a terceirização na empresa. "Para piorar a situação, a empresa também anunciou o fechamento de mais de 2500 agências próprias, por todo o Brasil", destaca a nota da Fentect.

Partido político das FARC desiste das presidenciais
Com a retirada de Londoño, as Farc não deverão apresentar um novo candidato para as eleições presidenciais, que serão realizadas no dia 27 de maio.

"Todo o desmonte promovido pela gestão dos Correios tende a prejudicar ainda mais os serviços à população", afirma.

De acordo com a federação, toda a categoria concorda com a sociedade e discorda de aumentos abusivos nos valores dos serviços prestados pela empresa.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL