Wesley Batista deixa restaurante aos gritos de "fora, ladrão"

Patrice Gainsbourg
Março 12, 2018

Três vídeos, gravados por celulares, mostram cenas do empresário Wesley Batista, da JBS, sendo hostilizado no restaurante Barbacoa, no bairro da Itaim Bibi, em São Paulo.

Segundo um funcionário do estabelecimento, a confusão teria acontecido no horário de almoço (entre 12h e 18h). No entanto, nas imagens, um senhor confunde os irmãos e puxa o coro "fora, Joesley".

À reportagem do Metrópoles, funcionários da casa de carnes confirmaram o ocorrido. "Fora Joesley", "vagabundo", "palhaço", "volta pra cadeia", eram os gritos mais comuns na churrascaria considerada a mais chique do país.

Avião despenha-se no Irão. Onze mortos
A agência Reuters tentou entrar em contato com o escritório de Basaran, mas não obteve resposta. Ele disse que testes de DNA seriam necessários para identificar os mortos.

Por Esmael Morais, em seu blog - O açougueiro "Joesley Batista", dono da JBS, não passou no teste de popularidade após deixar a prisão.

Em outubro, os procuradores da República Thaméa Danelon e Thiago Lacerda Nobre, do Ministério Público Federal, em São Paulo, denunciaram à 6.ª Vara Federal os irmãos Joesley e Wesley, na Operação Acerto de Contas, desdobramento da Tendão de Aquiles, por manipulação do mercado.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL