Conta de luz no Rio de Janeiro terá alta de dois dígitos

Judith Bessette
Março 14, 2018

Já quanto a contas emitidas pela Enel, que incluem municípios como Niterói e Cabo Frio, o reajusta para consumidores residenciais pode chegar a 21,44%. No ano passado, o órgão aprovou o agrupamento dessas concessionárias para propiciar ganhos de sinergias e, agora, definiu índices diferentes de reajuste para unificar as tarifas em R$ R$ 448 por megawatt-hora (MWh). A tarifa residencial e de pequenos comércios (classe de baixa tensão) será elevada em 17,60%.

A segunda maior alta ficou com os consumidores da área de concessão da antiga CPFL Sul Paulista, de 7,50% em média.

A CPFL Leste Paulista terá um reajuste de 7,03 por cento, enquanto a CPFL Santa Cruz verá uma alta de 5,3 por cento e a CPFL Mococa terá uma elevação de 3,4 por cento nas contas. Segundo o diretor Tiago Correia, a subsidiária responde por 44% da receita das empresas agrupadas. Para os consumidores residenciais, atendidos em baixa tensão, o aumento médio será de 9,09%, enquanto os industriais terão que arcar com despesas energéticas 13,4% maiores.

Instagram remove recurso após denúncia de gif racista
Um representante do Instagram deu a seguinte declaração: "Esse tipo de conteúdo não tem lugar no Instagram ". O Instagram não foi o único que removeu a ferramenta, e a medida foi acompanhada pelo concorrente Snapchat .

As novas tarifas vigoram a partir do dia 22 de março.

A revisão tarifária da Cosern para os próximos quatro anos será discutida em sessão promovida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quarta-feira, 14.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL