Corinthians e Santos trocam indiretas pela disputa por Zeca

Vincent De Villiers
Março 14, 2018

No entanto, o principal assunto da entrevista concedida por Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, não esteve relacionado aos confrontos contra o Bragantino, e sim ao provável mais novo reforço do time: o lateral Zeca, ex-Santos, que deve ser anunciado nas próximas horas. "A situação jurídica é de responsabilidade integral do atleta e de seu empresário", completou. A multa rescisória para clubes brasileiros é de R$ 50 milhões. O negócio agora é visto como difícil.

Por fim, segundo o dirigente corintiano, a chegada de Zeca não está atrelada a uma possível frustração com o rendimento de Juninho Capixaba, contratado no início desta temporada.

Nos últimos meses, uma série de clubes chegou a estudar o caso Zeca, inclusive o próprio Corinthians, e entendeu que o caso era de difícil resolução. O Timão não contava com ele para o Paulistão (cujas inscrições se encerram nesta quinta-feira), já que o atleta está inativo há muito tempo.

Zeca está sem jogar desde que deixou o Santos e entrou com uma ação na Justiça pedindo quebra de contrato porque o clube não teria recolhido ou atrasado os valores referentes ao FGTS. Ele conseguiu uma liminar quando o caso chegou ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), no fim do ano passado.

Menino desaparecido desde domingo é encontrado morto em telhado de casa
O corpo do garoto estava no telhado de uma residência localizada no Bairro Argemiro Ortega, perto da casa dele. A polícia investiga o motivo da morte do garoto.

A decisão, nesse formato, é incomum em casos trabalhistas.

Há cerca de um mês, Corinthians e Santos iniciaram uma conversa para uma troca que envolveria o lateral e os corintianos Marquinhos Gabriel e Lucca. Furioso, o presidente do Peixe, José Carlos #Peres, disse ao portal de notícias Globo Esporte que não havia sido informado pelo rival sobre as negociações.

O jogador, que já compareceu ao CT Joaquim Grava para realizar os exames médicos, aguarda apenas a confirmação da decisão judicial relacionada ao imbróglio com o Santos para assinar o contrato. Por causa da questão jurídica, o Flamengo teria desistido de assinar com o jogador com medo do Santos ganhar a causa e o rubro-negro ficar no prejuízo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL