Nike pode ser aliada do Real Madrid na busca por Neymar

Vincent De Villiers
Março 14, 2018

Segundo o periódico, a Nike, patrocinadora oficial do jogador, estaria disposta a auxiliar o clube espanhol na transferência do atacante; em contrapartida, o Real Madrid teria que aceitá-la como fornecedora oficial de materiais esportivos, rasgando assim o contrato que tem com a Adidas até 2020 - uma das maiores adversárias da Nike no segmento.

No entanto, o técnico Unai Emery mantém total confiança de que o internacional brasileiro irá permanecer no Paris Saint-Germain.

O jornal informou também que o Real Madrid já pensava em romper com a marca alemã antes mesmo do final do contrato e desta "proposta", ficando assim livre no mercado de material esportivo, o que a deixa na mira da empresa norte-americana.

"As conversas vão ser tranquilas".

'Animais Fantásticos: Os crimes de Grindelwald' ganha o 1º trailer; assista
Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald é o segundo filme de cinco, é dirigido por David Yates , com roteiro de J.K. Claudia Kim ( Maledictus ) também está entre as novidades do elenco.

Uma das (muitas) tatuagens de Neymar Jr. está provocando polêmica: comentarista da televisão espanhola Mega e chefe de reportagem do jornal As, Tomás Roncero criticou um desenho feito pelo atleta, que hoje joga pelo Paris Saint-Germain.

Seja sempre o primeiro a saber. E apesar de diferentes opiniões que apontam a ida ou não do brasileiro para os merengues, uma chamou atenção: de acordo com Rocero, jornalista do diário AS, o atual jogador do PSG terá que apagar a tatuagem do troféu da Champions League conquistada com a camisa do Barcelona se quiser desembarcar no Santiago Bernabéu. No entanto, o "Marca" diz que o Real Madrid poderia pagar 300 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão) por Neymar, uma vez que investiu pouco em reforços nas últimas janelas e poderia fazer caixa com a venda de astros como Bale e Benzema, que têm saída especulada, uma vez que não vêm em boa fase.

Por outro lado, o PSG quer a permanência de Neymar.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL