Libertadores: Jadson sente dores e Sheik pode ser titular no Corinthians

Vincent De Villiers
Março 16, 2018

Com vantagem no placar, o Corinthians tirou um peso, e ainda conseguiu ampliar aos 31 minutos.

O Corinthians contratou Emerson Sheik, 39, em janeiro deste ano, com a lembrança do atacante decisivo no título da Libertadores de 2012. Fim de partida. Futebol suficiente para derrotar o Deportivo Lara e ficar tranquilo na classificação do Grupo 7.

Nesta quinta-feira, pela da Copa Libertadores, o Independiente recebe o Millonarios da Colômbia a partir das 21h30 (no horário de Brasília), no Estádio Libertadores de América, em Avellaneda, na Argentina.

Impressionante como o Timão se complicou no primeiro tempo. Atuando como titular na vaga de Jadson, que nem foi relacionado por estar com dores na coxa, o atacante mostrou seu valor e também que o clube acertou em trazê-lo de volta.

Comércio varejista cresce menos de 1% em janeiro
As vendas de veículos e motos, partes e peças tiveram avanço de 3,8%, enquanto material de construção registrou declínio de 0,2%. A alta de 5 dos 8 itens pesquisados pelo IBGE permitiram que o crescimento do varejo fosse consistente no início do ano.

O Timão teve chances de sair vencendo ainda no primeiro tempo, mas a falta de definição impediu que isso acontecesse. Mateus Vital, visto como substituto imediato do camisa 10, participou o tempo todo do treino dos reservas, praticamente impossibilitando sua utilização desde o começo.

Aos 27 minutos da primeira etapa, os jogadores corintianos pediram pênalti em uma jogada de bola parada. Rodriguinho avançou pela esquerda, cruzou na área e o zagueiro Pernía desviou, encobrindo Salazar e marcando contra o patrimônio, para a festa da imensa massa alvinegra na Arena Corinthians. Romero, pela direita, errou duas vezes, assim como Rodriguinho, pelo meio. Havia espaço para jogar, mas os donos da casa não sabiam aproveitar, mesmo com a bola correndo com maior rapidez no gramado molhado e Romero trocando de lado com Clayson no ataque.

Como já havia previsto o técnico Fábio Carille, Sheik seria "importantíssimo na Libertadores", e realmente foi. Isso aconteceu com Rodriguinho e Gabriel, que quase venceu o goleiro adversário nos acréscimos do primeiro tempo. Apenas dois minutos depois, Emerson Sheik recebeu dentrou da área encontrou Romero sozinho na ponta direita.

Logo após o gol, o ídolo corintiano deixou o campo para a entrada de Júnior Dutra. "Jogando em casa e diante da nossa torcida, é uma obrigação vencermos".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL