Artista do Cirque Du Soleil morre após acidente em palco, na Florida

Rebecca Barbier
Março 19, 2018

Na noite do último sábado (17), o acrobata da trupe canadense Cirque du Soleil se feriu gravemente ao tentar executar parte de sua perfomance durante o show VOLTA, realizado na cidade de Tampa, no estado norte-americano da Flórida.

"Toda a família do Cirque du Soleil está comovida e devastada por esta tragédia". Lamarre afirmou que, depois da queda, Yann foi socorrido imediatamente e levado para o hospital mais próximo, onde entretanto acabaria por falecer.

No mesmo comunicado a empresa se prontificou a abastecer as autoridades de informações e colaborar com as investigações.

Mas porquê: Finlândia, o país mais feliz do mundo
Destaque também para o declínio dos Estados Unidos da América como a maior economia e a sua descida até ao 18º lugar do ranking . Os fatores sociais são muito importantes na felicidade da população, quer sejam imigrantes ou não.

O resto do espectáculo e as duas últimas apresentações do tour do espectáculo VOLTA na Florida foram cancelados.

O CEO do Cirque du Soleil, disse que Yann Arnaud trabalhava no grupo de entretenimento, um dos mais famosos do mundo, há mais de 15 anos e que ele era um artista amado por todos aqueles que tiveram a oportunidade e a felicidade de o conhecer.

Uma das pessoas que estava assistindo ao espetáculo, Julien Martinez, testemunhou o acidente e disse à filial da CNF WFLA que momentos antes de o acrobata cair, ele se "estava se esforçando para segurar a corda". Em junho de 2013, a acrobata de 31 anos Sarah Guillot-Guyard morreu após uma queda durante espetáculo em um cassino em Las Vegas.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL