Erdogan saúda controlo "total" da cidade de Afrine por forças turcas

Patrice Gainsbourg
Março 19, 2018

O Exército turco e as milícias sírias aliadas de Ancara impuseram "controle total" sobre a região curdo-síria de Afrin, embora ainda haja conflitos isolados em alguns ponto da cidade, informou a organização não governamental (ONG) Observatório Sírio de Direitos Humanos neste domingo (18).

Há combates na periferia norte da cidade, afirmou o Observatório Sírio dos Direitos (OSDH).

A bandeira turca foi hasteada no principal acampamento das Unidades de Proteção do Povo (YPG, sigla em curdo), assim como na sede do governo de Afrin, acrescentou a ONG.

Estes combatentes curdos, no entanto, são aliados de Washington na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria.

Mas porquê: Finlândia, o país mais feliz do mundo
Destaque também para o declínio dos Estados Unidos da América como a maior economia e a sua descida até ao 18º lugar do ranking . Os fatores sociais são muito importantes na felicidade da população, quer sejam imigrantes ou não.

Depois de Erdogan, o Estado-Maior turco também declarou num comunicado que o centro da cidade estava a partir de agora "sob controlo".

Afrin é o grande alvo da ofensiva militar turca iniciada em 20 de janeiro e batizada de "Ramo de Oliveira".

O avanço das forças pró-turcas provocou nos últimos dias um êxodo massivo de civis, fazendo temer um novo drama humanitário num país que entrou no oitavo ano de guerra, da qual já resultaram mais de 350.000 mortos e milhões de deslocados e refugiados.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL