120 câmaras em semáforos e mais radares de velocidade — Lisboa

Patrice Gainsbourg
Abril 14, 2018

Um dos motivos para a medidade está no facto de as autoridades terem passado 156.244 multas por excesso de velocidade, em 2017, o que corresponde a uma média de 428 coimas por dia.

A autarquia pretende ainda começar a penalizar o estacionamento em segunda fila, lançando até uma campanha de sensibilização que mostra como este tipo de estacionamento pode condicionar o funcionamento de autocarros e eléctricos, por exemplo. No reforço da mobilidade na capital está também previsto aumentar o número de radares, que hoje são 21. Por isso, haverá avisos para o limite de velocidade antes das zonas onde serão instalados os radares e alguns deles não terão controlo de velocidade. "Queremos que tenham um efeito dissuasor para que exista segurança rodoviária". "Por isso vão surgir alertas de "por favor abrande" e só a seguir é que surgem os radares das contraordenações", explicou o responsável pela área da mobilidade lisboeta". "Como não conseguimos mudar a cidade, temos de apelar ao bom senso das pessoas e ao seu cuidado". "Num mundo perfeito não multaríamos ninguém, pois toda a gente cumpriria o limite de velocidade", acrescenta.

Litoral de Florianópolis registra tremor de 3,6 pontos na escala Richter
A Defesa Civil do estado disse, por meio de nota, que recebeu várias chamadas de pessoas que relataram abalados nas residências. A ocorrência foi às 12h28min44seg no horário de Londres, cujo fuso horário é três horas a mais que o Brasil.

O autarca não quis avançar os locais, mas lembrou que os maiores problemas ocorrem em eixos como a Segunda Circular, a via com mais acidentes, mortos e feridos graves; o Eixo Norte-Sul e a Avenida Infante Dom Henrique. "São zonas de grande velocidade. É aí que se tem de intervir", explicou. "Estamos a modernizar a nossa rede de controlo de semáforos, o que nos vai permitir gerir o tempo que as pessoas passam paradas no trânsito e ter a capacidade de abrir um semáforo, como já se faz no corredor central, e vamos expandir para a zona da Expo e Estrada de Benfica".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL