Trump promete decisões importantes sobre a Síria em 24/48 horas

Patrice Gainsbourg
Abril 14, 2018

Trump condenou o que classificou como um "odioso ataque a inocentes" sírios em Duma, no início de sua reunião de gabinete na Casa Branca.

Legisladores do Capitólio (sede do Congresso norte-americano) afirmaram que não irão votar uma autorização para um eventual ataque militar de retaliação dos Estados Unidos contra a Síria, evitando desta forma um debate antigo e complexo sobre qual deve ser o papel desempenhado pelo Congresso na política externa norte-americana, segundo noticiou hoje o jornal The Wall Street Journal.

Mattis também acusou a Rússia de ser conivente com a retenção de armas químicas por parte da Síria, apesar de um acordo de 2013, mediado por Moscou, que exigia que o país abandonasse o arsenal.

"Temos muitas opções, em termos militares, e divulgaremos em breve (a escolhida), provavelmente depois de agir", disse Trump aos jornalistas ao se reunir na Casa Branca com funcionários de alta patente do Pentágono para falar sobre a Síria.

Bebé chinês nasce quatro anos depois da morte dos pais
A opção foi enviar a mãe para o país com passaporte de turista no momento certo para que ela entrasse em trabalho de parto por lá. Depois do acidente, os pais do casal enfrentaram uma batalha jurídica para poder usar os embriões congelados e se tornarem avós.

"Trabalhando com nossos aliados e parceiros da Otan ao Catar e outros, vamos considerar a situação ... e neste momento eu não descarto nada", acrescentou.

Jim Mattis realçou, no entanto, que os Estados Unidos "ainda estão a avaliar" as informações relacionadas com o ataque realizado no sábado passado, informações essas que serão importantes para apurar a responsabilidade do regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad.

Já o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, indicou em um comunicado que na conversa por telefone a chanceler condenou os novos ataques com gás na cidade síria de Duma.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL