Após denúncias, Polícia Civil apreende drogas e munições

Patrice Gainsbourg
Abril 15, 2018

A Polícia Civil, por meio do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), deflagrou nesta quinta-feira (12), uma operação visando desarticular uma organização criminosa responsável pela prática de diversos crimes, entre eles, homicídios, tráfico de drogas e de armas de fogo no bairro Santa Maria.

Até o momento, cinco pessoas foram presas e três vieram a óbito em confronto com os policiais.

De acordo com relato do denunciante, o morador da residência, vulgo "Testa", sua tia que reside no mesmo imóvel e sua vizinha, residente também na alameda Nova Esperança, estariam praticando tráfico de drogas e também possuiam uma arma de fogo calibre.38, o qual ostentam e usam para proteger o ponto de tráfico e para intimidar os moradores locais.

Um foragido da Justiça foi encaminhado à Central de Flagrantes na tarde desta sexta-feira (13), em Anápolis.

Treino do Grêmio deixa dúvida sobre time para estreia no Brasileirão
A ideia do time mineiro é ficar entre os ponteiros da tabela antes de o Brasileirão ser paralisado para a disputa do Mundial. A atividade teve início às 10 horas, foi realizada no Mineirão e assistida por cerca de 200 sócios-torcedores do clube.

Além deles, também foram presos Gabriel de Jesus Santos, mais conhecido como "Gabriel motoboy", 20 anos; David dos Santos Gomes, 22 anos; Ronald Carlos dos Santos, 23 anos; e José Domingo Assis Santos, 42 anos, funcionário da empresa Reviver, terceirizada do Complexo Penitenciário Advogado Antonio Jacinto Filho (Compajaf).

Ele teria cometido o crime em 2011, em Ibirubá. As vítimas, incluindo a namorada de Paulo, N.G.S., 17, estavam em uma motocicleta quando foram abordadas por dois homens armados, que desceram de uma picape Saveiro e efetuaram vários disparos contra a cabeça de Paulo, que morreu no local.

Um total de 60 policiais civis participam da operação.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL