Neymar faz contagem regressiva para volta: "um mês e pouco"

Vincent De Villiers
Abril 15, 2018

O camisa 10 do PSG e da seleção brasileira foi submetido nesta quinta a exames quase dois meses depois de ter se machucado.

"Falta um mês, um mês e pouco. Estou progredindo bem, consolidando bem, tudo nos conformes", afirmou o craque da Seleção em um trecho antecipado do programa Altas Horas, da TV Globo, que será exibido no sábado.

O atacante Neymar retornou ao Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, para uma reavaliação médica da cirurgia no quinto metatarso do pé direito na última quarta-feira (11).

120 câmaras em semáforos e mais radares de velocidade — Lisboa
Um dos motivos para a medidade está no facto de as autoridades terem passado 156.244 multas por excesso de velocidade, em 2017, o que corresponde a uma média de 428 coimas por dia.

"O relatório divulgado hoje pelo Dr. Rodrigo Lasmar confirma a boa evolução da lesão de Neymar Jr., e agora permite a reabilitação específica do tornozelo direito e caminhar em pleno apoio progressivo". A velocidade de recuperação nos próximos dez dias definirá a data ideal para o retorno aos treinamentos sem restrições', diz a nota divulgada pelo clube. Só nos últimos dias o astro do Paris Saint-Germain gravou entrevista com o ex-jogador Alex, estrelou campanha contra a fome ao lado de Messi e realizou exames de "resultados ótimos" em Belo Horizonte. "Então você tem que tomar muito cuidado com isso", disse o atacante, que em seguida falou sobre erros e aprendizado. Já errei diversas vezes e eu não me arrependo. Porque foi com os meus erros que eu aprendi, eu cresci, eu amadureci. Então acho que todos os erros que tive foi muito importante para mim.

Ainda com uma bota no pé lesionado, Neymar também interagiu com outros convidados, o cantor Wesley Safadão, a bança Raça Negra, o youtuber Whindersson Nunes e o ex-jogador Léo, além de outras participações especiais, como a do comentarista do SporTV Muricy Ramalho, que o treinou no Santos.

O craque também relembrou histórias de sua carreira.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL