Beyoncé irá reunir o Destiny's Child em show do Coachella, garantem fontes

Rebecca Barbier
Abril 16, 2018

Beyoncé não economizou esforços em seu retorno aos palcos depois da pausa de quase um ano para cuidar dos gêmeos Sir Carter e Rumi. Beyonce - ou Queen B - era uma das atrações mais aguardadas no Coachella e agitou a noite de sábado (14.04) do festival de música! Elas cantaram os hits Say My Name, Lose My Breath e Soldier. Para o espetáculo, ela teve o apoio de dezenas de dançarinos e uma banda marcial.

Depois do ar latino e tropical de Mi Gente e Hold Up, Beyoncé convidou seu marido Jay-Z para a música Déjà Vu. Sua irmã, a cantora Solange Knowles, não ficou de fora e dançou ao som de "Get Me Bodied".

Com um stand montado no palco e um tremendo show mais apropriado para uma turnê solo do que para em um festival, Beyoncé começou em grande estilo, soltando primeiro Crazy in Love, Formation e Sorry.

Justiça multa manifestantes de Lula em Curitiba
A prefeitura afirma também que a iluminação pública da região está sendo prejudicada devido à dificuldade de acesso dos veículos que fazem a manutenção.

Além de já apresentar shows dos mais espetaculares normalmente, Beyoncé quer fazer ainda mais para compensar o cancelamento do ano passado, e os rumores dão conta de que ela vem ensaiando 11 horas por dia para que o show do Coachella seja inesquecível. Já em "Don't hurt yourself", ela incluiu trecho de um discurso do líder negro Malcolm X.

Um dos momentos mais icônicos, que transformou o nome do festival para os fãs, foi uma base da voz de DJ Khaled: "Depois dessa performance, eles têm que mudar o nome para BeyChella".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL