Polícia detém condutor que atropelou uma dezena de transeuntes em Toronto

Patrice Gainsbourg
Abril 24, 2018

Acidente ocorreu no início da tarde desta segunda-feira em uma esquina de grande movimento da cidade O motorista da van branca que atropelou vários pedestres em Toronto, nesta segunda-feira (23), foi preso pela Polícia canandense - informou a imprensa local, acrescentando que várias pessoas ficaram feridas e "pelo menos quatro já não têm os sinais vitais".

O condutor da carrinha, que fugiu do local do acidente, aponta a arma a um agente mas acabou por deitar a arma ao chão e render-se.

A polícia de Toronto ainda não confirmou o número de feridos e se houve mortes, mas afirma que já prendeu o suspeito, que ainda não teve a identidade revelada.

Já foi confirmado que o veículo usado por este homem pertence à Ryder System Inc., uma empresa de aluguer e leasing de carrinhas para transporte.

Apple lança Programa mundial de substituição de bateria para Macbook
A Apple sugere aos clientes que estão recebendo uma substituição de bateria , que façam backup de seus aparelhos antes da troca. O número de série está localizado na parte inferior da janela de informações.

"Numerosos transeuntes foram atingidos por uma furgoneta branca na zona das ruas Yong e Finch", indicou a polícia na sua conta da rede social Twitter. Estamos tristes com este trágico evento.

Reza Hashemi, dono de uma locadora de vídeo na rua Yonge, disse à BBC ter ouvido gritos do outro lado da rua.

Já o prefeito de Toronto, John Tory, pediu para as pessoas evitarem a região. "Nossos corações e pensamentos estão com as vítimas e seus familiares". Quero garantir que a cidade está em boas mãos. "Estamos tentando tirar as pessoas da região para que possamos investigar o que aconteceu sem interrupções".

O episódio deixa o governo canadense em alerta, já que a cidade de Toronto recebe representantes dos sete países mais industrializados do mundo (Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Itália, Japão e Canadá) para a reunião ministerial, um dos preparativos para a cúpula do G7, que acontecerá em junho em Charlevoix, no Quebec.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL