Família de Avicii divulga comunicado sobre morte do DJ

Rebecca Barbier
Abril 26, 2018

Considerado um dos melhores DJ do mundo, Tim Bergling, conhecido como Avicii, foi encontrado morto na sexta-feira, em Mascate, capital do sultanato de Omã, onde se encontrava há alguns dias de férias com amigos.

Tim, você será amado para sempre e sua falta será tristemente sentida.

Segundo a família, depois de terminar as digressões o músico queria "encontrar um equilíbrio na sua vida para ser feliz e ser capaz de fazer aquilo que mais gostava: música", mas, infelizmente, não conseguiu "encontrar a sua paz". Ele realmente lutou com pensamentos sobre significados, vida e felicidade. Numa nota, citada pela revista de música Rolling Stone, os familiares escrevem que ele "queria encontrar paz".

A polícia também já tinha excluído a hipótese de crime, após saírem os resultados das duas autópsias ao corpo do artista responsável por sucessos como "Wake me up", não avançaram com pormenores sobre o que teria causado a sua morte.

"Nosso amado Tim era uma alma artística frágil procurando por respostas para perguntas existenciais". Um perfeccionista acima da média que viajou muito e trabalhou duro num ritmo que levou ao estresse extremo. Quem você foi e sua música serão levados na memória.

Piloto que trabalhou para o ex-deputado Gustavo Perrela é preso novamente
De acordo com as investigações a aeronave era utilizada por uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios do país. Antunes era funcionário do gabinete de Gustavo Perrella, filho do senador Zezé Perrella, na Assembleia de Minas Gerais.

Tim não foi feito para a máquina de negócios na qual se encontrou; ele era um cara sensível que amava seus fãs, mas que evitou os holofotes.

Em um documentário lançado no ano passado, Avicii admitiu ter tido problemas de saúde durante anos, em parte pelo consumo excessivo de álcool, e ter sofrido ataques de ansiedade. O artista não falava sobre o vício em entrevistas, mas seus hábitos têm sido amplamente relatados pela imprensa desde sua ascensão, no início da década.

Em 2014, Avicii cancelou todos os compromissos profissionais para se cuidar.

O problema de saúde mais recorrente na vida de Avicii teria sido a pancreatite aguda, consequência do alcoolismo. Devido a uma recomendação médica, ele afirmou que iria ficar em casa, recuperando-se de complicações relacionadas a cirurgias para retirada do apêndice e da vesícula biliar.

A família de Avicii emitiu um novo comunicado para explicar a morte do músico, que faleceu em Omã na passada semana. Sempre foram as coisas ao redor que não são naturais para mim. Sou uma pessoa introvertida.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL