Corpo do cineasta Roberto Farias é velado no Rio

Rebecca Barbier
Mai 15, 2018

O cineasta, produtor e distribuidor Roberto Farias morreu nesta segunda-feira (14), aos 86 anos, no Rio de Janeiro. O cineasta paulista Roberto Gervitz também expressou seus sentimentos no Facebook: "Muito triste, perdemos mais um grande cineasta, um homem de grande importância para a política cinematográfica brasileira".

Diretor, roteirista, produtor e gestor, Roberto Farias foi um dos mais talentosos homens de cinema do Brasil.

Natural de Nova Friburgo (RJ), Roberto Farias iniciou a carreira no começo dos anos 1950. A partir de um argumento próprio, ele desenvolveu o roteiro de Rico Ri à Toa (1957) com o irmão Riva, sobre um chofer de praça (o genial Zé Trindade) que ganha um prêmio na loteria e se sente deslocado como rico quando passa a sofrer constrangimentos por causa de suas origens.

Nascido em 1932, Roberto Figueira de Farias é irmão do ator Reginaldo Faria e tio do também ator Marcelo Faria - o "s" a mais no sobrenome foi devido a um erro durante registro no cartório.

Diretor do clássico O Assalto ao Trem Pagador (1962), Farias foi também presidente da Embrafilme entre 1974 e 1978, considerada a fase áurea da empresa. Seja na iniciativa privada ou em cargos públicos, sempre teve como meta a ocupação do mercado brasileiro pelo filme nacional, bem como sua projeção internacional. Farias foi produtor do filme.

NES Classic Edition regressa às lojas a 29 de junho
A Nintendo anunciou que o mini-console difícil de encontrar estará disponível novamente a partir de 29 de junho . O NES Classic Edition custa US$ 59,99 (aproximadamente R$ 215, sem contar taxas) e conta com 30 jogos inclusos.

Jornalista formado pela Universidade São Judas Tadeu e pós-graduado em Marketing pelo Mackenzie.

O último trabalho do profissional no cinema foi o filme "Os Trapalhões no Auto da Compadecida", em 1987, que vendeu na época mais de 2 milhões de ingressos. Atualmente assume o cargo de diretor da distribuidora O2 Play.

Com Reginaldo fez ainda "Pra Frente Brasil" (1982), outro trabalho importante ao abordar as torturas ocorridas no governo militar quando a ditadura ainda não havia se encerrado (o que aconteceu somente em 1985). Neste período, os longas do país chegaram a uma fatia de 33% no número de ingressos vendidos, tendo como símbolo desse sucesso a bilheteria histórica de "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (1976).

Na TV, dirigiu minisséries como As Noivas de Copacabana e Memorial de Maria Moura, além de vários episódios do programa Você decide. Seu legado para o cinema brasileiro é imenso.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL