Justiça manda prender ex-vereador petista por agressão a empresário

Patrice Gainsbourg
Mai 16, 2018

As agressões ocorreram na noite em que o juiz Sérgio Moro ordenou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para iniciar o cumprimento da condenação a 12 anos e 1 mês de cadeia imposta ao petista no caso tríplex da Operação Lava Jato. Durante a confusão, Bettoni foi agredido por Maninho e seu filho.

"O estado de saúde dela ainda é gravíssimo, não obstante já tenha deixado o hospital".

A magistrada disse na decisão que "os réus contaram com a impunidade, que não veio e não virá".

Em decisão expedida nesta sexta-feira (11), a juíza Débora Faitarone considerou que os réus "não podem permanecer em liberdade após a prática de um crime doloso contra a vida, praticado de maneira tão covarde".

Bettoni foi expulso a chutes e empurrões até a rua em frente ao instituto. Lá, ao encontrar um grupo teria xingado políticos. Carlos Bettoni foi desequilibrado quando estava no meio da rua e acabou batendo a cabeça no para-choque de um caminhão que passava pelo local. "Ela tentou fugir dos réus, mas infelizmente não conseguiu", afirmou.

"A liberdade dos acusados geraria, na sociedade, uma enorme sensação de impunidade e a impunidade é um convite ao crime", argumentou.

Ex-vereador do PT que agrediu empresário é denunciado pelo MP-SP

"O Brasil é o país com o maior número de homicídios do mundo e isso exige responsabilidade social por parte do Poder Judiciário", escreveu.

Eles foram denunciados pelo promotor Luiz Eduardo Levit Zilberman por tentativa de homicídio com motivo torpe e cruel.

Até a conclusão desta edição não houve resposta das defesas de Manoel Eduardo Marinho e Leandro Eduardo Marinho.

A magistrada determinou também o arquivamento das acusações contra Paulo Cayres, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que havia sido indiciado pela Polícia Civil.

A defesa dos acusados entrou com pediu de liminar para que a prisão deles fosse revogada.

Semana de Museus começa edição local, nesta segunda-feira
Na tarde da quinta-feira (17), ocorre o projeto "Cajuína no Museu", desenvolvido pelos professores do Programa Educativo do MUP. A Semana Nacional dos Museus vem com o tema "Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL