YouTube vai lançar serviço de streaming de música

Eloi Lecerf
Mai 18, 2018

O Google está lançando um novo serviço de streaming de música: o Youtube Music.

Com inteligência artificial, será possível procurar músicas pela letra, mesmo se o usuário não souber o nome da canção, ou até com definições vagas (como "a música hipster com assobio", que o Google reconhece como "Young Folks", de Peter, Bjorn e John).

O YouTube Music foi pensado pela empresa para concorrer diretamente com Spotify, Deezer e Apple Music, com "um aplicativo móvel reinventado" e um novo player para desktop, ambos projetados especificamente para música. "[Não importa] se você quer assistir, ouvir ou descobrir, está tudo aqui", complementa. Pagando o valor, o usuário recebe automaticamente o YouTube Music e acesso à biblioteca de conteúdo de vídeo do YouTube Originals, produto com ideia similar às propostas de conteúdos originais da Netflix e do Amazon Prime Video.

O YouTube Premium vai ser lançado nos mesmos mercados do YouTube Music, seguindo o mesmo cronograma.

Se você acha que o Youtube parou com as atualizações, está bem enganado, viu? O YouTube Music vai custar US$ 9,99 por mês, enquanto o Premium vai custar US$ 11,99.

Já o YouTube Premium oferece os mesmos recursos do Music e mais um pouco: vídeos sem anúncios e produções originais que eram lançadas dentro do YouTube Red.

Senado aprova projeto que cria Sistema Único de Segurança Pública
O relator da matéria na CCJ, Antonio Anastasia (PSDB-MG), apresentou parecer favorável ao texto aprovado pela Câmara, em abril. Para Eunício, a aprovação do projeto é uma "valiosa contribuição" do Congresso para a sociedade brasileira.

O YouTube Music será lançado nos EUA, na Austrália, na Nova Zelândia, no México e na Coreia do Sul no dia 22 e depois será ampliado para outros países.

Ainda não há previsão para disponibilidade no Brasil.

A segunda novidade anunciada ontem (16) pela Google é o YouTube Premium. O serviço já existia, integrado no YouTube Red, sendo por isso pago.

O atual YouTube Music, gratuito e com publicidade, que é uma versão da plataforma de vídeo adaptada para suportes móveis, também será atualizado e permanecerá gratuito.

Outro serviço que está passando por uma reformulação é o YouTube Red, famoso por permitir que os vídeos possam ser rodados em segundo plano e também através de uma janela flutuante pelo sistema, o modo PiP, que chegou com o Android Oreo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL